terça-feira, 12 de julho de 2011

Como escolher a chupeta (ou bico) para o bebê? Qual a melhor?

Antes dos pais depararem-se com esta dúvida, normalmente se perguntam se chupar bico faz bem ou mal ao bebê. Não entrarei em detalhes técnicos/ médicos em relação a isso, deixo para o Baby Center Brasil esclarecer.  Aqui quero trazer a perspectiva de mãe. Quando o Santi nasceu (esfomeado como todos os guris), não parava de sugar... era o tempo todo e muitas vezes não era fome, e sim o aconchego de sugar o seio. Combinei com a pediatra de só dar o bico um ou dois dias depois de ele pegar bem o peito, depois que o leite desceu pra valer (isso para não atrapalhar a aprendizagem). A chupeta claramente acalmava o Santiago, e dava uma folga para os mamilos "inexperientes" de uma mãe de um bebê de poucos dias. Desde lá me informei que até os dois anos de idade o bico não faz mal não. Então, ele se tornou um grande aliado nosso!

Mas voltando ao assunto, como escolher? O que levar em consideração? Primeiramente o modelo deve ser aprovado por dentistas e pelo INMETRO. A estrutura deve ser ventilada (em caso remoto de uma criança engolir, não se sufocará por completo), livre de BPA (aquele tipo de plástico que foi citado como nocivo em alguns estudos) e na minha pesquisa informal observei que a maior parte dos bebês se dá melhor com o bico com formato todo igual - que não tem o lado certo de colocar na boca, sabe? Vários bebezinhos de amigas que não queriam pegar o bico de jeito nenhum, se acertaram com este formato.
Além disso, mais duas dicas importantes: 

1) não caia na tentação de usar aquela chupeta bacana que só é vendida em Miami ou em qualquer outro lugar do extrangeiro. Ou então, faça uma remessa de 50 unidades. Depois que os bichinhos aprendem a usar uma marca é difícil faze-los trocar de uma hora pra outra. Por isso, não corra o risco de ter aquela única chupeta preciosa que não pode ser perdida de jeito nenhum. Marcas excelentes são encontradas nas melhores farmácias.

2) prefira modelos modernos, divertidos... temos tantos recursos de design que deixam este utilitário com cara de acessório.

As marcas que usei, e ainda uso são Avent (inglesa, da Philips - na foto rosa e cristal) e a húngara MAM (na foto modelo azul todo vazado). Todas são megacertificadas, além de serem lindinhas. Pra mim, sem dúvida, são as melhores. MAM já se encontra em diversas farmácias e Avent mais em casas de artigos para bebês, mas são fáceis de achar.



Agora sabe aquela dica de ouro? Está aqui: compre chupetas que brilham no escuro...! Elas vão mudar a sua vida! O bebê dá aquela chorada e antes que se desperte por completo enquanto você tenta achar o bico no meio do berço, ela aparece pra você, brilhando!! Eu uso as noturnas da MAM o botão da frente fica todo iluminado (um dos modelos que o Santiago usa está na primeira foto do post... é um sucesso aqui em casa!)

Espero que as dicas ajudem na hora de escolher!
Beijos,
Mila.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário